Menina, pega a dor e faz piada. Pega a saudade e dança.
Isabella Martins.
Sei que no amor, também não tô com sorte.
Jorge e Mateus. 
Não consigo mais aceitar relações pela metade. Em outras palavras, raspas e restos não me interessam.
Caio Fernando Abreu.
Se você está pensando que eu estou me importando, claro que eu estou. Eu não sou feito essa gente que ama e de repente tchau, e se acabou.
Vinícius de Moraes.  
Bom… Você me tinha. Você me teve como ninguém mais teria. Mas você preferiu me deixar ir embora. Você me teve também naquela festa ridícula, lembra? Eu estava quase implorando pela sua atenção aquele dia, Stubb. Mas você tinha bebido demais pra pagar de legal para os teus amigos babacas e acabou nem me notando. Mas ainda sim, você me tinha. Eu fui sua em dezembro, no natal. E fui sua no ano novo. Você me teve no meu aniversário e também me teve na páscoa. Você me teve todos dias. Eu era sua mesmo quando não queria. Eu era sua até mesmo quando era de outra pessoa. Você me tinha, Stubb. Você me teve nas suas mãos, mas preferiu me deixar escapar. Você me tinha tanto, que quando você escolheu me perder, eu obedeci.
Robin and Stubb.  
Espero que você me perdoe. Nem sempre sei como agir. Às vezes machuco com o que deixo de dizer ou com aquela palavra que sai apressada pela boca. Espero que você me aceite. Não consigo ser melhor em tudo, mas faço o que está ao meu alcance. Espero que você me compreenda. Às vezes tenho preguiça ou falta de vontade. Espero que você me acolha. Não gosto de admitir, mas sou sensível ao extremo e cheia de fraquezas e fragilidades.
Clarissa Corrêa.
Se você está pensando que eu estou me importando, claro que eu estou. Eu não sou feito essa gente que ama e de repente tchau, e se acabou.
Vinícius de Moraes.   
Castiel, tá na escuta? Você sabe que eu não sou muito de rezar, porque eu acho que isso é o mesmo que implorar. Só que isso tem a ver com o Sam, então eu preciso que você escute. Nós vamos entrar nesse lance as cegas e eu não sei o que vem pela frente e o que isto vai custar ao Sammy. Ele está disfarçando muito bem, mas eu sei que tá doendo e esse lance era pra ser comigo. Então por tudo o que nós já passamos, eu peço á você:por favor toma conta do meu irmãozinho.
Dean Winchester.     
Somos capazes de sobreviver a essas coisas horríveis, pois somos tão indestrutíveis quanto pensamos ser. Quando os adultos dizem: “Os adolescentes se acham invencíveis”, com aquele sorriso malicioso e idiota estampado na cara, eles não sabem o quanto estão certos. Não devemos perder a esperança, pois jamais seremos irremediavelmente feridos. Pensamos que somos invencíveis porque realmente somos. Não nascemos, nem morremos. Como toda energia, nós simplesmente mudamos de forma, de tamanho e de manifestação. Os adultos se esquecem disso quando envelhecem. Ficam com medo de perder e de fracassar. Mas essa parte que é maior do que a soma das partes não tem começo e não tem fim, e, portanto, não pode falhar.
Quem é você, Alasca?  
Que nas suas primaveras você seja amante da alegria. Que nos seus invernos você seja amigo da sabedoria. E quando você errar o caminho, recomece tudo de novo. Pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida. E descobrirá que… Ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. Usar as perdas para refinar a paciência. Usar as falhas para esculpir a serenidade. Usar a dor para lapidar o prazer. Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.
Augusto Cury.